sáb., 05 de mar.

|

Memorial da Resistência

Goethe Institute - Uma discussão sobre os direitos humanos em línguas transfronteiriças

O projeto [a] examina criticamente a Declaração Universal dos Direitos Humanos (DUDH). sáb, 05.03.2022 - 2ª, 04.04.2022 10:00 - 18:00 Memorial da Resistência

Os ingressos não estão à venda
Ver outros eventos
Goethe Institute - Uma discussão sobre os direitos humanos em línguas transfronteiriças

Horário e local

05 de mar. 10:00 – 18:00

Memorial da Resistência, Largo General Osório, 66 - Centro Histórico de São Paulo, São Paulo - SP, 01213-010, Brasil

Sobre o evento

Uma discussão sobre os direitos humanos em línguas transfronteiriças

O projeto [a] examina criticamente a Declaração Universal dos Direitos Humanos (DUDH). Em um diálogo que transcende idiomas, países e disciplinas artísticas, a equipe internacional examina tanto os aspectos unificadores dos direitos humanos quanto as questões que eles levantam.    O título [a] representa a utopia inerente a este projeto. O som [a] ocorre em quase todas as línguas e representa o elo de comunicação e de conexão. E assim como [a] tem seu próprio som dependendo do contexto linguístico, os direitos humanos também assumem diferentes formas dependendo do contexto e requerem atualização localizada.    Artistas de diferentes países - tanto do Sul como do Norte globalizado - criam um diálogo transfronteiriço com os meios artísticos de som, vídeo e dança. A instalação de som e vídeo usa a DUDH como seu material de texto e linguagem. Os 30 artigos da Declaração foram gravados em 30 idiomas diferentes e serviram como única fonte de material para composições curtas de vários sonoplastas. Além disso, pequenas equipes de dançarinos e artistas de vídeo desenvolveram comentários em vídeo sobre os artigos individuais da DUDH. Estes diversos componentes fluem juntos na instalação sonora e vídeo conectada por apresentações ao vivo.    Através deste diálogo, o projeto [a] convida o público a tomar diferentes pontos de vista de forma sutil e subjetiva, tornando uma obra de arte transversal que chega através de várias camadas e perspectivas.   A estreia ocorreu na galeria Kronenboden em Berlin, em dezembro de 2021. O projeto estreia agora no Brasil, no âmbito da exposição "Canto Geral", no Memorial da Resistência em São Paulo.       

Nos dias 2 (sábado) e 3 (domingo) de abril, às 15h, performances de dança realizadas no espação ativarão a instalação.   Medidas preventivas relativas a COVID-19: verifique as medidas vigentes no momento da visitação em memorialdaresistenciasp.org.br/horarios-e-ingressos/ 

sáb, 05.03.2022 - 2ª, 04.04.2022

10:00 - 18:00

Memorial da Resistência